656448f4 6576 45b3 9818 47ad0561c95dPor meio da Secretaria de Tecnologia da Informação (SECIN), a Administração do Tribunal Regional Federal da 1ª Região informa que, ao prosseguir com a avaliação contínua de segurança da informação na Justiça Federal da 1ª Região, as senhas de todos os usuários do PJe foram reinicializadas nesta quinta-feira (29). 

Para se obter nova senha, o usuário deve utilizar a opção “Solicitar nova senha” na página inicial do sistema PJe de 1º grau (pje1g.trf1.jus.br) e do sistema PJe de 2º grau (pje2g.trf1.jus.br), e seguir as orientações que serão apresentadas e encaminhadas por e-mail, verificando, inclusive, a pasta de lixo eletrônico (spam).

Em caso de qualquer dificuldade, deve ser encaminhado e-mail para a Central de Serviços de TI do TRF1 (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.).

Fonte: Assessoria de Comunicação do TRF1 

trtcefalvarasclaudioEm reunião realizada hoje pela manhã, na sede do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, a conselheira seccional Claudiovany Teixeira e o conselheiro seccional e procurador-geral adjunto de prerrogativas, Felipe Jacob, solicitaram a representantes da Caixa Econômica Federal mais agilidade no atendimento dos alvarás via sistema Dataged, bem como nos atendimentos presenciais nas agências bancárias e/ou PAB (Posto de Atendimento Bancário). Encontro contou a intermediação de diretores e representantes da presidência e corregedoria do TRT8.

“Pelo sistema Dataged, a Caixa Econômica Federal vem atrasando muito. Em Belém, está em dia, mas os alvarás do interior estão em atraso”, relatou a conselheira seccional Claudiovany Teixeira. “Na capital e no interior, é preciso melhorar a forma presencial. Advogadas e advogados não podem ficar na fila do auxílio emergencial, pois possuem o direito de serem atendidos com prioridade, pelo menos em um primeiro momento”, complementou a representante da OAB-PA.

Claudiovany Teixeira e Felipe Jacob também sustentaram que é necessário que os gerentes das agências bancárias dêem retorno quanto aos erros e eventuais problemas que ocorrem no envio de alvarás. “CEF assumiu o compromisso de recomendar que os gerentes reportem os erros à OAB-PA e às advogadas e advogados”, frisou a conselheira seccional. “A CEF se comprometeu em melhorar o atendimento prioritário à advocacia em quatro agências de Belém: Museu, Círio, São Brás e Ver-o-Peso”, destacou Felipe Jacob.trtcefalvarasgeral

Por outro lado, os representantes da CEF ponderaram que o PAB do TRT8 só consegue efetuar atendimento via sistema Dataged. “Segundo eles, não há condições de realizar o atendimento presencial por causa da pequena quantidade de funcionários e pelo fato do espaço ser muito pequeno”, informou Claudiovany Teixeira. “No entanto, a CEF continuará atendendo os alvarás de FGTS, de seguro desemprego e processos físicos, quando aparecerem”, acrescentou.

Os conselheiros seccionais reforçaram ainda outros pleitos da Ordem. “Advogadas e advogados devem ser atendidos também com demandas de FGTS e alvarás de seguro desemprego, que são atinentes, inclusive, às demandas do próprio Tribunal”, pontuou Felipe Jacob. “Cobramos também o retorno do funcionamento do PAB de Ananindeua, que está fechado até hoje”, concluiu o procurador-geral adjunto de prerrogativas. Outra reunião deverá ser realizada no dia 30 de agosto, com a presença da presidente e da corregedora do TRT8.

trtcefalvarasjacob“Na ocasião, vamos cobrar a execução dos compromissos firmados no encontro do hoje”, ressaltou o conselheiro seccional Felipe Jacob. “Mas nesses trinta dias, o PAB vai continuar atendendo presencialmente”, observou Claudiovany Teixeira. “A OAB-PA, por sua vez, assumiu o compromisso de promover uma campanha para incentivar o uso do sistema Dataged, desde que a CEF respeite os prazos”, finalizou a conselheira seccional.

Pela Caixa Econômica Federal, estiveram presentes: Virgínia Cardoso, gerente do setor jurídico; Erica Pinheiro, superintendente de Governo; Leonardo Linhares, coordenador jurídico; Raul Rodrigues, gerente do PAB do TRT8. Pelo Tribunal, participaram Rosângela Lopes, secretária-geral da presidência, Liliane Calixto, secretaria da corregedoria, Regina Uchoa, diretoria-geral, e Narlicelma Santos, secretária-geral judiciária.

Fotos: Fúvio Maurício

É com profundo pesar que a Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Pará, comunica o falecimento da advogada Maria de Nazaré Noronha de Pinho, ocorrido nesta terça-feira (27). Ela construiu sua carreira no Direito Criminal.

Neste momento de imensurável dor e consternação, o presidente da OAB no Pará, Alberto Campos, em nome do Conselho Seccional e de toda a advocacia paraense, expressa condolências aos familiares e amigos da profissional, que dedicou sua vida à profissão. 

fabd4ca9 ed97 4ba2 aaf8 7ee66df14d47

upjcomissaooabNa última sexta-feira (23), a comissão composta por conselheiros seccionais da OAB-PA tratou de questões relacionadas às UPJ's Cíveis e de Família do Fórum Cível ao reunir com a direção do Fórum Cível da Capital, secretários das UPJ's e com a Secretaria de Engenharia do TJE-PA.

Dentre as pautas abordadas, a falta de servidores nas unidades judiciárias, bem como a nova ordem do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para conceder férias aos servidores que estivessem com períodos acumulados, o que está prejudicando o atendimento à advocacia e jurisdicionados.

Outro ponto discutido diz respeito à digitalização de processos, especialmente o fato da OAB-PA ter proposto unir forças com a direção do Fórum Cível da Capital para agilizar o procedimento e melhorar o atendimento. Ainda em relação ao atendimento prestados às advogadas e advogados, discutiu-se a implementação de novo modelo, com novas senhas e guichês específicos.

Por fim, a OAB-PA disponibilizou-se em custear a climatização das áreas de espera das UPJ's em que a advocacia aguarda atendimento, inclusive já abordando os aspectos técnicos para definição do maquinário a ser adquirido e instalado. 

67c2e9ea af06 400c a5b4 831958acc667Ao reunir hoje à tarde com a presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargadora Célia Regina de Lima Pinheiro, o presidente da Ordem no Pará, Alberto Campos, voltou a propor soluções para os problemas ocasionados pela implantação das Unidades Processamento Judicial (UPJ’s) no Fórum Cível da Capital. Outra pauta do encontro diz respeito às demandas da advocacia no interior.

“Não é bom o tratamento que a advocacia está recebendo por parte dos serventuários. Além disso, o ambiente é insalubre, o que compromete totalmente a qualidade da prestação jurisdicional”, reclamou Alberto Campos. Na ocasião, o diretor esteve acompanhado do conselheiro seccional Diogo Condurú e do presidente da subseção da OAB em Ananindeua, Francisco de Assis Reis Miranda Junior.

A desembargadora Célia Regina, por sua vez, assumiu o compromisso de “solucionar a problemática definitivamente em um curto espaço de tempo”, informou o presidente da OAB-PA. Quanto às subseções, os representantes da advocacia paraense reivindicaram mais salas nos Fóruns das Comarcas do interior, a convocação de mais servidores e a digitalização dos processos.

Do mesmo modo, a presidente do TJE-PA acolheu os pleitos da seccional paraense. “Dentro dos limites orçamentários, a desembargadora assegurou que irá recomendar às direções dos Fóruns que, dentro do possível e da disponibilidade, concedam espaços para que sejam instaladas salas destinadas à advocacia”, frisou o presidente da Ordem.

No encerramento de mais uma reunião com a desembargadora Célia Regina, o presidente Alberto Campos defendeu o permanente e constante diálogo entre a Ordem e o Poder Judiciário. “Dialogar é extremamente importante, principalmente nos dias de hoje, em razão da pandemia que atingiu a todos nós”, comentou o diretor seccional.

f43469ce 66a1 428a 9ef5 65027430da6fA Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Pará, por meio da Comissão de Relações Internacionais, presta irrestrita solidariedade ao povo alemão, especialmente aos familiares das vítimas e desaparecidos, pela tragédia climática ocorrida neste mês de julho, que atingiu várias cidades e deixou inúmeros mortos, desaparecidos e pessoas desabrigadas.

Desejamos que o povo alemão, com a determinação e força que lhe são características, supere essa tragédia de forma rápida e fraterna. Diante da perplexidade e dor, desejamos que as autoridades alemãs recuperem rapidamente as áreas afetadas e amparem aqueles que ainda sofrem as consequências da mudança climática que afeta nosso planeta.

 

 

Subseções

 

Publicações

Links Úteis

 

 

      

   

  

 

 

OAB - SEÇÃO PARÁ

Praça Barão do Rio Branco, 93 - Campina
Belém-PA - CEP 66015060
Fone:(0xx91) 4006-8600
Fax: (0xx91) 4006-8603